Tuberculose: Conheça seus aspectos e o seu tratamento

57

 O que é a Tuberculose?

A tuberculose é uma doença de maneira infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa afetar outros órgãos ou sistemas. A doença é causada pelo vírus Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch.

No Brasil essa doença é considerada um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais.  A epidemia do HIV e a presença de bacilos resistentes tornam o cenário ainda mais complicado.

De acordo com o Ministério da Saúde a cada ano, são informados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

Sintomas

O principal sintoma da tuberculose é a tosse de maneira seca ou produtiva.

Sendo assim, se recomenda que toda pessoa com tosse por três semanas ou mais, seja investigada para tuberculose. Há outros sinais e sintomas que podem estar presentes, como:

  • Febre
  • Sudorese noturna
  • Emagrecimento
  • Cansaço
  • Fadiga

Prevenção

A principal forma de prevenir a tuberculose é com a vacina Bacillus Calmette-Guérin – BCG,  que é disponibilizada de forma gratuita no Sistema Único de Saúde – SUS.

A vacina BCG protege das formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a meníngea.  A vacina está disponível nas salas de vacinação das unidades básicas de saúde e maternidades.

Outra forma de prevenir a doença é a avaliação de contatos de pessoas com tuberculose, que facilita identificar a Infecção Latente pelo Mycobacterium tuberculosis, o que possibilita prevenir o desenvolvimento de tuberculose ativa. Em outros casos específicos, pessoas que são diagnósticas com a infecção latente da tuberculose também possui a indicação de receber tratamento para prevenir a doença. Nesta situação, é importante procurar uma unidade de saúde para uma avaliação.

Além do mais, outra forma de prevenção da tuberculose, é manter ambientes com uma boa ventilação e com entrada da luz solar.

Como é possível pegar a Tuberculose?

A tuberculose é uma doença transmitida a partir da inalação de por meio das vias aéreas, durante a fala, espirro ou tosse das pessoas que possuem a doença ativa, que lançam no ar partículas de tamanhos variados que contêm bacilos.

Calcula-se que, uma pessoa com a doença, pode ser afetada em média, de 10 a 15 pessoas durante o período de um ano.

Vírus que se depositam em roupas, lençóis, copos e outros objetos dificilmente se dispersam e, assim, não têm papel importante na transmissão da doença

O ideal é estabelecer as medidas de controle, tais como cobrir a boca com o braço ou lenço ao tossir, manter o ambiente com uma boa ventilação e com bastante luz solar.

O vírus é sensível à luz solar, e a circulação de ar possibilita a dispersão de partículas infectantes. Sendo assim, ambientes ventilados e com luz natural diminuem drasticamente o risco de transmissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digita seu nome aqui