Aplicativo do Einstein

94

O Hospital Albert Einstein investiu R$ 5 milhões no desenvolvimento de um aplicativo de aprendizado para médicos recém-formados. A ideia surgiu após o Einstein ser convidado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) a ajudar a melhorar a qualidade da formação na área, diante de um cenário em que cerca de metade dos médicos recém-formados é reprovada no exame do CRM.

“Após um teste inicial de nivelamento, o aplicativo mostra as deficiências e fornece um conteúdo didático moldado às demandas do médico”, disse Sidney Kladjner, presidente do Albert Einstein, que alocou 80 de seus médicos no desenvolvimento do aplicativo. O acesso ao conteúdo custa de R$ 600 e R$ 1,2 mil.

Fonte: Valor Econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digita seu nome aqui