Acidente Vascular Cerebral – AVC é uma doença crônica que não é transmissível. Considerada uma das principais causas de morte, ocorre quando os vasos que levam sangue para o cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia de uma área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. É uma doença que afeta mais os homens.

A espécie mais comum de AVC

O tipo de AVC mais comum é o isquêmico, o qual ocorre quando um coágulo bloqueia vasos que levam o sangue para o cérebro.

Pode ser provocado por diversos motivos, como:

  • Uma trombose cerebral: quando um coágulo de sangue se forma em um vaso principal em direção ao cérebro
  • Uma embolia cerebral: quando o bloqueio causado pelo coágulo, bolha de ar glóbulo de gordura se forma num vaso sanguíneo em alguma parte do corpo e é levado na corrente sanguínea para o cérebro
  • Um bloqueio nos pequenos vasos sanguíneos

As cinco espécies de AVC isquêmico

  • AVC isquêmico lacunar

Essa espécie de AVC acontece quando um trombo é formado em um pequeno vaso sanguíneo, devido a uma inflamação denominada de lipohialinólise. É comum em pessoas que possui fatores de risco vasculares, como hipertensão.

  • AVC isquêmico ater trombótico

Essa doença é causada pela aterosclerose, que causa a formação de placas nos vasos sanguíneos maiores, levando à oclusão do vaso ou à formação de êmbolos . É ocasionado, assim como no lacunar, pela presença de fatores de risco vasculares.

  • AVC isquêmico cardo embólico

Essa espécie  ocorre quando o êmbolo causador do derrame parte do coração, no geral decorrente de doenças cardiovasculares, citadas abaixo.

  • AVC isquêmico de outra etiologia

Esse tipo de AVC é considerado o mais comum em pessoas jovens, podendo estar relacionado a distúrbio de coagulação do sangue, doença que deixa o sangue mais espesso, a inflamação dentro do vaso sanguíneo e a fragilidade da parede dos vasos que levam sangue ao cérebro.

  • AVC isquêmico criptogênico

É considerado isquêmico criptogênico quando a causa do AVC isquêmico criptogênico não foi determinada, mesmo após uma investigação extensa.

Principais sintomas de AVC isquêmico

Os sintomas do AVC isquêmico se caracterizam por uma perda neurológica de maneira drástica, como:

  • Perda de força súbita de um dos lados do corpo, geralmente braço e perna. Quando a paralisia é parcial, é chamada paresia. Se o paciente fica paralisado completamente de um lado, ele está hemiplégico
  • Paralisia facial, quando a pessoa há assimetria do sorriso
  • Sintomas sensitivos, como dormência de uma lado do corpo
  • Alteração da fala. A pessoa pode ter dificuldade de conseguir entender o que as pessoas falam ou conseguir dizer o que está pensando
  • Alterações visuais, como perder uma parte ou totalmente o campo visual
  • Tontura, levando a desequilíbrio e queda.

Sequelas da doença

Não é possível identificar quais exatamente serão as sequelas, varia de acordo com o local do cérebro afetado. Entre os danos mais comuns da doença são: 

  • Alterações na fala
  • Agnosia visual
  • Déficit de memória
  • Falta de Sensibilidade
  • Alterações motoras
  • Déficit de memória
  • Entre outros.