O candidato, Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores PT ao cargo da presidência da República apresentou, ao Tribunal Superior Eleitoral, uma série de propostas para melhorar a área da saúde no Brasil.

O projeto prioritário consiste em promover a saúde como direito fundamental de todos.

Proposta 1

Implantação total do SUS, como direito social de todo o povo brasileiro e dever do Estado.

Proposta 2

Aumento imediato e progressivo do financiamento da saúde.

Proposta 3

Valorização dos trabalhadores da saúde.

Proposta 4

Investimento no complexo econômico-industrial da saúde.

Proposta 5

Diálogo permanente com a sociedade civil sobre o direito à saúde.

Proposta 6

Reverter medidas do governo atual que ataca o direito à saúde.

Proposta 7

Regionalização dos serviços da saúde.

Proposta 8

Aprimorará a regulamentação das relações com o terceiro setor saúde.

Proposta 9

Serão fortalecidos os conselhos e conferências de saúde, de forma que seu papel de formulação de políticas seja o orientador das políticas para o setor.

Proposta 10

Promoção da saúde através de políticas regulatórias e tributárias, que incentivem a atividade física a alimentação adequada, saudável e segura.

Proposta 11

Organização de uma atenção básica resolutiva e organizadora do cuidado à saúde é o eixo central da política assistencial que ser quer implementar.

Proposta 12

Rede Especialidades Multiprofissional (REM), contará com polos em cada região da saúde, integrada com a atenção básica, para garantir acesso a cuidados especializados por equipes multiprofissionais para superar a demanda reprimida de consultas, exames e cirurgias de médica complexidade.

Proposta 13

Implantação dos prontuários eletrônico de forma universal e no aperfeiçoamento da governança da saúde.