Na última quinta-feira, dia 12/07/2018, a Política Nacional de Vigilância em Saúde (PNVS), por unanimidade de votos, foi finalmente aprovada.

Essa é a primeira vez que o Brasil terá um planejamento das ações de vigilância em saúde, delimitando de forma clara e objetiva, as responsabilidades, princípios, diretrizes e estratégias.

Nas palavras da Diretora do Departamento de Gestão da Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Sônia Brito:

“É um momento histórico que vem se fortalecendo desde a criação da Secretaria de Vigilância em Saúde, em 2003. É um avanço para o SUS e é a primeira versão porque a vigilância é um aprendizado de todo dia, já que é dinâmica”

A Política prevê ainda a garantia do financiamento das ações da vigilância em saúde, sendo que ela está focada no direito à proteção da saúde alicerçada no SUS público e de qualidade.

O Avanço principal está na promoção do controle social e da formação e capacitação em vigilância para os profissionais de saúde do SUS e o desenvolvimento de estratégias e ações de educação, comunicação e mobilização social.